domingo, 22 de fevereiro de 2009

De uma bela menina...


A Ana Beatriz que me abordou ontem não era loirinha com cachos e nem tinha os olhos esverdeados, a Ana Beatriz que, praticamente, pulou no meu colo e me assustou com sua voz alta, é uma menininha linda de quatro anos, muita curiosidade, muita inteligência e dona de lindos cabelos lisos e ruivos.
A Ana Beatriz queria saber quem eu era, qual era o meu nome, quem estava no carro me esperando, ela "já sabia" que eu queria ter uma filha com o mesmo nome que o dela, ela queria saber para que raios funcionava aquele crachá no meu pescoço e, quando escutou que era para trabalhar, ela quis porque quis saber o que eu fazia nessa minha vida. A resposta escancarou um sorrisão e a pergunta a seguir também.
"Você sabe o que é ou faz um jornalista, Ana Beatriz?"
"Claaaaro que eu sei, então na novela... a... a... a... 'A Favorita' tinha um, é igual o Zé Bob."
Não quis destruir os sonhos da menina tão cedo e sorri, falei que era isso mesmo.
Ana Beatriz, espalhafatosa que estava na hora, quase derrubou toda a vitrine de óculos atrás dela, estava tão empolgada comigo: a estranha (des)conhecida.
A Ana Beatriz que alegrou o restinho do meu dia só ficou comigo durante quatro minutos, mas aí teve que ir correndo de volta para os braços do pai (que estava trabalhando ao lado). Ela sorriu, me deu tchau e correu.
Pensar que quando for a minha Ana Beatriz daqui a alguns anos... vou ter mil-e-um motivos pra sorrir diariamente.

PS: Texto escrito no dia 22/01/09!
PSII: Instinto materno em ação? Essa noite sonhei com uma menina linda, de olhos clarinhos e gostosa... Ana Beatriz? Daqui a alguns anos... ou não?
PSIII: Ah, a menina da foto é a Manuella, sobrinha linda abraçando o tio TiagoGordoBabão... :)

3 comentários:

Sophia Compeagá disse...

Oi Sara!!!
Que legal que deixou a idéia da psicologia! Agora vc é igual ao Zé Bob! rsrs
Mas sabe q nos aspectos que vc disse a psicologia e o jornalismo até que estão ligados né!
Tb quero uma Ana beatriz pra daqui uns anos... a minha vai se chamar Laura. Mas pra daqui uns bons anos mesmo!
Bjo grande!
Já tá adicionada tb! ;)

A Senhora disse...

Eu tive o Davi aos 35 anos. Idade que já deu tempo para fazer tudo o que eu queria! Ou quase tudo...

Maas as menininhas de hoje... ai, ai... :)))

bjs

Sara disse...

Nossos planos são para daqui a alguns bons anos, Mirian, rsrs!
Davi é o mais velho ou é Arthur?
Beijos em você, nele e em André (cadê ele, aliás?)... :)