segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Sobre ser forte quando estou fraca...

Em 2012  aprendi que não sou tão feliz e plena quanto julgava ser, mas descobri, também, ser mais forte do que pensava. Entendi que não importa quanto eu confie ou ache que conheço alguém, sempre serei surpreendida negativamente enquanto criar expectativas. Experimentei uma dor emocional virar física, chorei calada, engoli sapos, desvendei mentiras, vi que não existem coincidências, emagreci muito em pouco tempo...

No meio de todo esse vendaval, fiz coisas incríveis. Conheci um país diferente, minha paleta de cores e sabores aumentou consideravelmente. Fui feliz em Nova Iorque, feliz demais. A cidade que não para estará sempre guardada no meu coração, foi lá que comecei a levar a  sério o conselho que sempre dava para amigos: viver uma hora de cada vez. Só assim eu consegui superar. E ainda estou superando. Porque, no final do dia, a vida é isso: superação em todo tempo.


" 'É perigoso sair porta afora, Frodo', Bilbo costumava dizer. 'Você pisa na Estrada, e, se não controlar seus pés, não há como saber até onde você pode ser levado' "
Viajei mais do que qualquer outro ano e entendi que novos ares são necessários, saí do casulo e isso doeu no começo, mas depois se tornou prazeroso. Rio de Janeiro, Campos do Jordão, Nova Iorque, Belém e Ubatuba: limites quebrados, sonhos realizados e um gostinho de quero mais. 

2012, obrigada por me lembrar que minha família é meu bem maior, obrigada por me fazer acreditar mais em mim, obrigada pelas lutas, só com elas pude ter vitórias. Eu estava errada sobre você. Seus tapas na cara me fizeram crescer muito, me ensinaram muito. O saldo é positivo, sempre!

Deus, obrigada. Por ser e estar para mim e comigo em todo tempo.

Vem que vem, 2013!






***

"Tinha se acostumado tanto a esperar só coisas esquisitas acontecerem que lhe parecia muito sem graça e maçante que a vida seguisse de maneira habitual"
(Lewis Carrol)

3 comentários:

Mirian Martin disse...

Que 2013 seja um ano de conquistas sólidas, daquelas que, não importa o caminho que trilhar, elas estarão lá. Felicidades, menina! :)

kamala Coockie disse...

lindo tudo aki ! beijos me segui la..

Janaína S. disse...

Que bonito! (: Muitas coisas boas pra você escrever e viver ainda mais bonito! =)