segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Vinte e dois anos...


A menina de cabelos cacheados com tons vermelhos há alguns belos anos tem belos motivos para sorrir. Menina sapeca, levada da breca que sempre foi, conseguia levar seus pais à loucura com as bagunças que, juntamente com seus hermanos, aprontava. Menina de sorriso pleno, de sapatos vermelhos com macacão azul (como as mães conseguem essas proezas com os bebês, não é?). Conforme foi crescendo, o sorriso pleno teve variações: foi torto e metálico, foi amarelo e bonito, foi simples e 'sofisticado', mas nunca, nunca foi falso. E não que ela fosse a alegria em pessoa sempre, ou tivesse uma alegria integral, não, não era bem assim. Ela teve altos e baixos. Ela teve variações de humor durante o mesmo dia (e, vez em quando, durante a mesma hora). Ela brigou, chorou, se despedaçou. Ela teve amigos. Verdadeiros, que mantém até hoje, amigos poucos tão chegados, tão próximos e queridos que ela pode contá-los com os dedos das mãos e são irmãos que ela pôde escolher. Falsos, alguns que ela não gosta muito de lembrar, mas que, sim, fizeram e, de certa forma, sempre farão parte de sua vida (hoje) colorida.
E percebam: Vida hoje colorida. Porque antes a menina vivia num mundinho preto e branco, sem cor alguma. E, tenham certeza, ela procurou motivos e cores para alegrá-la. Ela até achou que tivesse encontrado alguns pares de olhos bonitos para colorirem sua vidinha, mas foram anos e anos tentando, em vão (ou não), encontrar algo que realmente a completasse.
Nessa caminhada, ela descobriu a si mesma em várias pessoas e várias fases. Nessa caminhada, ela (re)inventou poesias, prosas, sonhos, canções e afins. Ela se (re)conheceu em cada novo livro, em cada nova cor de cabelo, em cada possível-novo-'amor', em cada novo estilo, em cada sorriso. Nessa caminhada, ela descobriu que a vida para ela está só começando. E recomeça a cada novo dia de sua vida.
E agora começará uma nova vida bem bonita ao lado daquele que coloriu a vida dela. Daquele que possui os olhos verdes mais lindos do mundo inteiro. Daquele que há quase três anos completa a vida da menina que há vinte e dois anos procura e encontra motivos para sorrir.

PS: Porque dia 24, a menina aqui completou mais um aninho... e uma parte das comemorações foi com bolo de morango e amora!
PSII: O dia, grande dia, está chegando... :)

6 comentários:

Andre Martin disse...

Que lindinho! Festança de níver pra criança, cheia de esperança!

Belo texto! Bela auto-homenagem. Eu tenho a certeza que jamais outro poderia fazê-lo melhor!

Só deixo um lembrete como presente: a maioria de nós passa a vida achando que alguém vem nos completar... seja quem for que encontremos pelo caminho, sempre haverá um grande vazio que ninguém encherá, senão nós próprios. Nunca se esqueça disto. Às vezes deixamos que outros façam isto pela gente, e lamentamos quando percebemos o vazio maior ainda quando desistem, são impossibilitados ou nos faltam, por qualquer razão que só a loucura conhece.

Beijos!!! Abraço!!! e FELIZANIVERSÁRIO!!!!

Sara disse...

André, querido! Obrigada... :)
Concordo completamente com você e vejo/sinto isso a cada dia, sabia?
As pessoas podem até nos completar de certa forma, mas quem tem que fazer a maior parte disso somos nós mesmos...
Obrigada pelas palavras e pelos toques!
Beijos

Flávia disse...

Menina... feliz aniversário!!

Veja, eu realmente adoro aniversários, meus e alheios, os alheios tanto quanto os meus... porque nesses dias, apesa do que todo mundo apregoa, não se fica mais velho, não! Fica-se mais jovem, porque cada ano cumprido dá espaço para outro, e isso é sempre como nascer de novo, não é?

Então, cara conhecida, eu te hoje desejo um lindo 'nascimento'... com muitos amigos genuínos, com muitos sorrisos diferentes e verdadeiros, com muitas cores e com muita vida, minha flor. Com muita vida!

Parabéns, Sá!

A Senhora disse...

Menina! Eu perdi o dia??? Espero que ainda aceite os meus parabéns! Que o seu ano novo seja de paixão pela vida, paixão pela descoberta, paixão em fazer coisas acontecerem. Felicidades, mocinha!

beijinhos

Andre Martin disse...

Desculpe, não me leva a mal, nem fique brava comigo... Mas toda vez que abro seu blog e vejo esta foto do "bolo de morangos" rapidamente, penso se tratar de uma "pizza de pepenroni ou tomates e acelga"... acho que é a (minha) fome! hahahaha

nathy disse...

Parabéns de novo!!!! ebaaa.. adoro parabéns!! rs e repito, esse bolo me deixou com água na boca...
Adorei o texto... tão bom sempre ter motivo para um sorriso.. e agora mais do que nunca nêga, um sorriso bem gostoso.
Tudo de bom nessa nova fase da sua vida.
Que o cara lá de cima abençoe vocês cada dia mais.. realizando TODOS os sonhos e desejos, não deixando faltar nem coisa grande, nem pequena... e logo traga a Ana Beatriz e o Gabriel.. mais motivos para um sorriso bem gostoso.
Te desejo tudo o que de melhor há.. e saiba que é de coração..
Beijos, amoras, morangos.. hummm..