sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Eu te amo, porque te amo.



Apesar de...
Com tudo que...
Pelo o que...
Te amo como...
Te amo tanto...
Porque amor não se explica...
E eu te amo, e só.

PS: Post apaixonado para aquecer o dia.

7 comentários:

Iara disse...

Então:

"Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua!
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria...
Em estar vivo."

iara nao ter um amor.

. Bianca . disse...

O vídeo e o sol aquecem meu domingo!
Versos inspiradores.

Andre Martin disse...

Lindo. Comovente. O felizardo deve estar nas alturas! Eu estaria. rsrs
E que valha a pena!

Mary Amélie Mauer disse...

Eu moro num cenário do lado imaginário. Eu entro e saio sempre quando estou afim!

Viver e não ter a vergonha de ser feliz é como AMAR e não ter a vergonha de demonstrar, chorar e rir por nada, sem parar!

Por que por AMOR, tudo vale à pena!

Ana Carolina Carvalho disse...

O amor por si só vale por tudo não é?
Simples, puro e verdadeiro. Por mais que neguem é o que todos procuram.
Beijo

disse...

own *-* que fofo!
juro que apesar do meu post "revoltado" de hoje, eu ainda tenho vontade de falar Eu te amo, e só.

adorei seu blog querida ! :)
vou estar sempre por aqui ^^
beijinhus :*

Andre Martin disse...

Não tinha visto o vídeo... Colocou depois?

... "quando o próprio amor VACILA"??
Quando o amor vacila, deixa de ser amor?
Ou seria o "amor próprio", o vacilante?

Adorei a frase cultural, maliciosa e romântica ao mesmo tempo:
"Eu te amo pelas suas entradas, saídas e bandeiras"!!!